CTVR

Uma Central de Tratamento e Valorização de Resíduos (CTVR) é uma moderna obra de engenharia criada para a triagem, separação e disposição ambientalmente adequada dos resíduos sólidos urbanos, como orgânicos, inertes, hospitalares e recicláveis. Tem a função de controlar possíveis impactos decorrentes da disposição final, tratando o chorume e aproveitando o gás metano gerado. 

O equipamento atende à Política Nacional de Resíduos Sólidos, Lei 12.305/2010, que estabelece a erradicação de lixões no país. Uma CTVR tem condições de tratar uma vasta gama de resíduos, dentre eles os de serviços de saúde e industriais. 

As CTVRs concebidas pela Naturalle fundamentam-se a partir dos conceitos de Ecoficiência e Logística Reversa. São ações que visam tratar e reaproveitar os resíduos recolhidos, devolvendo-os à cadeia produtiva. Um exemplo disso é a unidade de beneficiamento de entulho, que produz material a ser reutilizado nas vias de acesso do município. Outro exemplo é a geração de energia ou combustível para indústrias por meio do reaproveitamento do biogás. 

São equipamentos seguros que atendem à legislação ambiental do país, preservando a flora e a fauna por meio de técnicas modernas de engenharia, impedindo a contaminação do solo e dos aquíferos. 

CTVRs Naturalle: